Entretenimento

A série perturbadora da Netflix que pode ter passado despercebida

As séries sobre crimes e assassinos têm ganhado cada vez mais fãs na Netflix. Não é à toa que produções como “Dirty John”, “You” e “Conversando com um serial killer: Ted Bundy” geraram muitas discussões logo que entraram para o catálogo do streaming.

 

No entanto, existe uma série perturbadora e sombria, que pode ter passado despercebida para muitas pessoas que gostam deste assunto.

 

Este mês, a Netflix acrescentou a segunda temporada de “Bordertown” (originalmente nomeada como “Sorjonen”), uma série finlandesa que é um pouco diferente do que estamos acostumados a ver no momento.

 

A trama gira em torno de Kari Sorjonen, um detetive que se muda para uma cidade na fronteira entre a Finlândia e a Rússia buscando tranquilidade, mas acaba enfrentando casos chocantes que revelam o lado mais sombrio que pode habitar um ser humano.

 

Ao contrário de outras séries, Sorjonen não se trata de procurar um único assassino ou um caso por capítulo, mas ao longo da temporada existem vários crimes que o detetive deve enfrentar. Os criminosos também não são mostrados como pessoas atraentes e que você consegue até simpatizar (como no caso de “Joe”, protagonista de “You”).

 

Confira o trailer da primeira temporada:

 

Fonte: Metrojornal (Por Victória Bravo) 

Redação Lado B

Comentar

Clique aqui para publicar um comentário

Colunistas

Geek Inclusiva
Geek Inclusiva (8)

Me chamo Alice Caroline, sou deficiente visual, paratleta, apaixonada por atletismo, estudante do ensino médio e amante do mundo geek e dublagem. Inclusão vai além de rampas e placas de escrita braile.

Lemana
Lemana (1)

Centro LEMANA - Lar Espírita Maria de Nazaré, localizado no Macapá-AP. Uma Instituição vinculada a Federação Espírita Brasileira que tem por objetivo principal a prevenção e a posvenção ao suicídio e a assistência aos enlutados e sobreviventes. Existimos desde maio de 2018

Poetas Azuis
Poetas Azuis (4)

Grupo lítero-musical amapaense formado pelos poetas Pedro Stkls e Thiago
Soeiro. Desde 2011 trabalham na divulgação da poesia por meio das
apresentações cênicas e também nas redes sociais. Atualmente o grupo reúne
mais de 100 mil seguidores no Instagram

Publicidade