Notícias

Exposição sobre palafitas compõe programação da Primavera dos Museus

Foto: Irineu Ribeiro

Durante esta semana, a Biblioteca Pública Elcy Lacerda, em Macapá, oferece uma vasta programação por ocasião da 13ª edição da Primavera dos Museus, realizada pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). O espaço utiliza o tema “Museus por dentro dos museus” para trabalhar exposições, palestras, rodas de conversas e apresentações artísticas.

A programação segue até sábado, 28, e o público pode conferir as seis exposições espalhadas pelas galerias e salas da biblioteca, entre elas, “Vida Palafítica: habitar sobre as águas urbanas”, um trabalho fotográfico sobre a cultura da vida em áreas de ressaca, coordenado pelo Grupo Emergir.

Para Luana Rocha de Souza, arquiteta e urbanista, e uma das curadoras da exposição, as áreas onde as palafitas existem são manifestações singulares e precisam ser lembradas. “Esses locais que existem no nosso estado não são apenas locais carentes, mas, também, cheios de vida e com estética peculiar”, observou.

As exposições acontecem no horário de 8h às 18h, com obras de artes plásticas, artesanato, figurinos, fotografias e biojoias indígenas. As palestras, rodas de conversas e apresentações artísticas são diárias, no período de 16h às 19h.

O diretor da Biblioteca Elcy Lacerda, José Pastana, reforça o convite ao público e explica que a ideia do tema é justamente mostrar que o espaço não é feito apenas para estudos e empréstimos de livros.

“Essa programação serve para mostrar que não estamos aqui apenas como acervo. Convidamos a todos para virem à biblioteca, que é um local para difundir conhecimento e perpetuar a cultura local”, ressaltou.

A programação encerrará com uma rodada cultural, sarau e música com artistas locais, na área da biblioteca, de 16h às 19h.

Programação:

Exposições (até 28 de setembro, de 8h às 18h):

– Studio Celebrare

Tema: Letras que dançam

 

– UniDança

Tema: Com que traje eu fui…

 

– Artes Plásticas

Tema: Fogo e Fumaça

 

– Fotografias e Roda de Conversa

Tema: Vida palafítica: habitar sobre as águas urbanas

 

– Arte Indígena

Tema: Arte Indígena – Biojoias

 

– Cultura Indígena

Tema: Artesanato Maracá e Cunani

 

Palestras (25 a 28 de setembro):

25/09 (16h às 19h)

– Palestra: Preservação documental no estado do Amapá

Palestrante: Verônica Xavier Luna

 

– Atração artística: Apresentações do movimento UniDança: Centro de Dança Alana Lins; Cia Jovem Agesandro Rêgo; Cia de Dança Coaracy Nunes; Graham Cia de Dança; Ballerine Studio de Dança, Cia de Dança Anete Peixoto e Escola de Dança Petit Dance.

– Roda de Conversa: A dança no museu, o museu na dança

Curadoria: Jucicleide Façanha, Lílian Monteiro e Nete Peixoto

 

26/09 (16h às 18h)

– Palestra: Museu como espaço de memória, de pesquisa e de produção de conhecimento.

Palestrante: José de Vasconcelos Silva

 

– Atração artística: Grupo de Dança Amigos da Toada

Coordenação: Sandro Rogério Barbosa da Conceição

 

27/09 (16h às 18h)

– Palestra: Obras Raras: o jornal como fonte e documento de reconstituição histórica

Palestrante: Ana Paula Costa de Arruda

 

– Atração artística: Olhos da Alma

Coordenação: Centro de Apoio Pedagógico ao Deficiente Visual – CAP

 

Encerramento 28/09 (16h às 19h)

– Rodada Cultural

– Exposição de banners literários

– Projeto Sarau Primavera: Poetas e contadores de história (Alex Sandro de Oliveira; Bianca Silva de Oliveira; Mariza Andrea Pinheiro de Souza, Fabio Nescal e Ana Maria Vilhena Vieira).

– Dança: Companhia Aguinaldo Santos – Corpo & Movimento e Centro de Artes Talentos

– Música: Armando Rogério Cavalcante da Silva

 

 

Por: Henrique Borges

Redação Lado B

Comentar

Clique aqui para publicar um comentário

Colunistas

Geek Inclusiva
Geek Inclusiva (8)

Me chamo Alice Caroline, sou deficiente visual, paratleta, apaixonada por atletismo, estudante do ensino médio e amante do mundo geek e dublagem. Inclusão vai além de rampas e placas de escrita braile.

Lemana
Lemana (1)

Centro LEMANA - Lar Espírita Maria de Nazaré, localizado no Macapá-AP. Uma Instituição vinculada a Federação Espírita Brasileira que tem por objetivo principal a prevenção e a posvenção ao suicídio e a assistência aos enlutados e sobreviventes. Existimos desde maio de 2018

Poetas Azuis
Poetas Azuis (4)

Grupo lítero-musical amapaense formado pelos poetas Pedro Stkls e Thiago
Soeiro. Desde 2011 trabalham na divulgação da poesia por meio das
apresentações cênicas e também nas redes sociais. Atualmente o grupo reúne
mais de 100 mil seguidores no Instagram

Publicidade