Notícias

Mais de 3 mil pessoas são capacitadas em Pedra Branca durante operação do Projeto Rondon

Foram 12 dias de atividades, 64 oficinas realizadas e 3.469 pessoas alcançadas, este foi o saldo deixado pela estadia dos rondonistas da edição 2022 do Projeto Rondon em Pedra Branca do Amapari.

 

Desenvolvido pelo Ministério da Defesa e implementado por meio de parceria com as prefeituras locais, o Projeto Rondon contribui para a formação de cidadania de jovens universitários voluntários de diversas instituições do país. Por meio da estadia desses estudantes nos municípios são  desenvolvidas atividades que visam auxiliar no desenvolvimento sustentável das comunidades.

 

Em Pedra Branca do Amapari, a Prefeitura Municipal colocou à disposição do projeto todas as pastas envolvidas na execução das ações: Turismo, Saúde, Educação, Assistência Social, Meio Ambiente, Infraestrutura, Agricultura, Cultura, Esporte, Juventude, a de Políticas Públicas para as Mulheres, com o envolvimento direto de secretários, coordenadores e equipes.

As comunidades ao longo da Perimetral Norte receberam ações de saúde, educação, direitos humanos, comunicação social, cultura, trabalho e meio ambiente.

 

A programação de oficinas, palestras, cinema e demais atividades foram planejadas de acordo com as necessidades do município, abordando temas tais como capacitação para professores, capacitação para agentes comunitários de saúde, manipulação de alimentos, primeiros socorros, levantamento de potencial turístico, mídias digitais, meio ambiente, agricultura sustentável, além de Produção de Sabão, Programas gratuitos de Inclusão Digital e Lei de Acesso à Informação, Oficina de Leitura e Cinema.

 

Segundo a prefeita Beth Pelaes, receber projetos como esse desenvolve o município, pois oportuniza aos moradores de forma gratuita o acesso ao conhecimento nas mais diversas áreas. “Não tenho dúvidas de que cada pessoa que teve a oportunidade de participar de alguma das oficinas oferecidas saiu com uma nova visão do que foi aprendido, poder proporcionar isso à população por meio da parceria enquanto gestão é gratificante”.

Para a coordenadora Claudia Bica o projeto foi além. “Mais do que números, voltamos com a bagagem cheia de conhecimento de um Brasil além dos livros! Vivemos a maior sala de aula! Os resultados da operação não são representados apenas por números. Mais do que isso, são vistos nas fisionomias das pessoas que passaram conosco ao logo das muitas oficinas! O resultado poderá ser medido em breve após a semeadura das sementes de esperança  plantadas e a visão de que tudo é  possível, tento a gente como exemplo na transformação de uma pessoa/ estudante, de várias origens, num profissional cidadão com o olhar voltado  para o próximo”.

Redação Lado B

Comentar

Clique aqui para publicar um comentário

Colunistas

Geek Inclusiva
Geek Inclusiva (8)

Me chamo Alice Caroline, sou deficiente visual, paratleta, apaixonada por atletismo, estudante do ensino médio e amante do mundo geek e dublagem. Inclusão vai além de rampas e placas de escrita braile.

Lemana
Lemana (1)

Centro LEMANA - Lar Espírita Maria de Nazaré, localizado no Macapá-AP. Uma Instituição vinculada a Federação Espírita Brasileira que tem por objetivo principal a prevenção e a posvenção ao suicídio e a assistência aos enlutados e sobreviventes. Existimos desde maio de 2018

Poetas Azuis
Poetas Azuis (4)

Grupo lítero-musical amapaense formado pelos poetas Pedro Stkls e Thiago
Soeiro. Desde 2011 trabalham na divulgação da poesia por meio das
apresentações cênicas e também nas redes sociais. Atualmente o grupo reúne
mais de 100 mil seguidores no Instagram

Publicidade