Cultura

Monólogo teatral ‘Jornada Bufa” aborda vivências de um catador de lixo

O trabalho será apresentado de forma on-line e presencial quinta e sexta-feira

A invisibilidade e o preconceito vivido pelos catadores de lixo são retratados no monólogo ‘Jornada Bufa’, encenado pelo ator Jhou Santos. O trabalho será apresentado na quinta (26) e sexta-feira (27) de forma on-line e presencial. A obra é apoiada pelo Edital – Carlos Lima “Seu Portuga”, da Secretaria de Estado da Cultura, por meio da Lei Aldir Blanc.

Jornada Bufa traz para a cena os dilemas enfrentados por muitas pessoas diariamente. O catador de lixo, que no monólogo se chama Bufa, durante o espetáculo mergulha em diversos questionamentos sobre sua própria existência diante da desigualdade social e econômica.

As apresentações irão acontecer em dois formatos desta vez. Primeiro na versão on-line gravada em 2019, que será exibida nesta quinta-feira, 26, no Facebook e Youtube da Secretaria Extraordinária de Juventude – SEJUV e de forma presencial, mas adaptada para uma duração menor, na sexta-feira, 27, na Escola Estadual Wilson Hill de Araújo no município de Itaubal, às 15h.

Ambas as apresentações acontecem dentro da programação do projeto Mostra Cultural Cena Jovem Amapaense, realizada pela Cia Tucuju, Cortejo Produções em parceria com a SEJUV.

O espetáculo

Jornada Bufa tem a dramaturgia montada pelos artistas Jhou Santos e Wellington Dias, teve início no seu processo de experimentação no ano de 2018, onde realizou nas ruas do centro de Macapá intervenções a partir do personagem Bufa. Em 2019, integrou a programação da II Semana Amapaense de Teatro no Céu das Artes, fez parte também do VI Encontro Nacional Pedagogia das Artes Cênicas sediado na Universidade Federal do Amapá – UNIFAP e ficou em temporada no Teatro Marco zero, apresentando-se todas as quartas feiras do mês de junho.

O artista

Jhou Santos é ator, diretor, produtor cultural e arte-educador. Formado em Licenciatura em Teatro pela Universidade Federal do Amapá. É coordenador de produção da Cortejo Produções artísticas e diretor artístico da Cia de Artes Tucuju. Recebeu o Prêmio de Cultura e Arte da Fundação Municipal de Cultura de Macapá através do edital Nº 004/2020 – FUMCULT/PMM e o Prêmio “SINEY SABOIA” de Arte e Cultura concedido pela Secretaria de Estado da Cultura do Amapá através do edital Nº 005/2020 – SECULT/AP, ambos apoiados pela Lei Aldir Blanc recebeu. John também já integrou a coordenação da III Semana amapaense de Teatro. É o idealizador e assina a direção artística da 1ª Mostra Cultural Cena Jovem Amapaense.

SERVIÇO:
Jornada Bufa
Youtube: Secretaria de Juventude do Amapá
Facebook: Secretaria de Juventude do Amapá
26 de agosto às 16h
27 de agosto às 15h
Escola Estadual Wilson Hill de Araújo – Município de Itaubal

FICHA TÉCNICA:
Atuação: Jhou Santos
Direção: Wellington Dias
Dramaturgia: Jhou Santos e Wellington Dias
Produção: Jimmy Sammy

Redação Lado B

Comentar

Clique aqui para publicar um comentário

Colunistas

Geek Inclusiva
Geek Inclusiva (8)

Me chamo Alice Caroline, sou deficiente visual, paratleta, apaixonada por atletismo, estudante do ensino médio e amante do mundo geek e dublagem. Inclusão vai além de rampas e placas de escrita braile.

Lemana
Lemana (1)

Centro LEMANA - Lar Espírita Maria de Nazaré, localizado no Macapá-AP. Uma Instituição vinculada a Federação Espírita Brasileira que tem por objetivo principal a prevenção e a posvenção ao suicídio e a assistência aos enlutados e sobreviventes. Existimos desde maio de 2018

Poetas Azuis
Poetas Azuis (4)

Grupo lítero-musical amapaense formado pelos poetas Pedro Stkls e Thiago
Soeiro. Desde 2011 trabalham na divulgação da poesia por meio das
apresentações cênicas e também nas redes sociais. Atualmente o grupo reúne
mais de 100 mil seguidores no Instagram

Publicidade