Notícias

Prevenção à Covid-19: Medidas mais rígidas recomendadas pelo MP-AP são tratadas em reunião com Estado e Prefeituras de Macapá e Santana

Em reunião híbrida, na manhã desta quarta-feira (24), o Ministério Público do Amapá (MP-AP) e a Procuradoria da República no Amapá (MPF/AP) trataram com o Estado e Prefeituras de Macapá e Santana sobre as medidas mais restritivas recomendadas e que devem ser atendidas nos novos decretos que serão editados esta semana, visando a diminuição do contágio da Covid-19.

A reunião foi mediada pela procuradora-geral de Justiça, Ivana Cei, acompanhada dos promotores de Justiça da Saúde, Fábia Nilci e Wueber Penafort, com participação presencial do governador do Amapá, Waldez Góes, e do Prefeito de Macapá, Antônio Furlan, acompanhados dos respectivos procuradores-gerais do Estado, Narson Galeno, e de Macapá, Simão Tuma, com participação virtual dos promotores de Justiça da Saúde de Santana, Gisa Veiga e Anderson Batista, os procuradores do MPF, Sarah Cavalcanti e Pablo Beltrand, e o prefeito de Santana, Bala Rocha.

Participaram, ainda, o secretário de Saúde do Estado (Sesa), Juan Mendes, o superintendente da Vigilância em Saúde do Estado (SVS), Dorinaldo Malafaia, e o chefe de gabinete do GEA, Carlos Marques.

A Recomendação Nº 0000002/2021-GAB/PGJ, expedida pelo MP-AP, na última sexta-feira (19), estabelecia prazo de 96h para que o Governo do Amapá e Municípios adotassem medidas restritivas mais rígidas, necessárias para garantir a ampliação do isolamento social e a diminuição dos índices de contaminação pelo novo coronavírus em todo o Estado.

“A preocupação é com o colapso na saúde, que apresenta atualmente uma longa lista de espera de pacientes necessitando de leitos nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), com a ocupação de leitos clínicos e de UTI atingindo 100%, da capacidade”, argumentam os promotores de Justiça com atuação na Saúde.

Governo do Estado e Prefeitura de Macapá relataram os termos dos decretos que conflitaram com os que foram recomendados, bem como novas proposições foram apresentadas para discussão, a fim de chegar em um consenso.

O governador Waldez Góes ressaltou a gravidade da situação, visto que o país está vivendo ao mesmo tempo essa crise sanitária. “Estamos vivendo um momento da pandemia diferente do ano passado. Este ano temos um exemplo para nos espelhar que foi o Amazonas, só que começou no momento em que todo o Brasil podia ajudar, Forças Armadas, Governo Federal e Estados. Agora, o colapso é do Rio Grande do Sul ao Amapá, não é só de leitos, mas de insumos e já surge também de oxigênio, devido problema de logística”, disse o governador.

O prefeito Furlan solicitou razoabilidade nas medidas e destacou preocupação com ambulantes e pequenos empreendimentos, mas que iria seguir o entendimento que fosse de comum acordo com todas as instituições.

Após mais de 3 horas de reunião, foram tirados os encaminhamentos para a decretação das próximas medidas que visam frear o alto índice de contaminação pelo coronavírus. A proposta pactuada na reunião com o MP-AP e MPF/AP será apresentada pelo governador Waldez Góes em reunião com os prefeitos, na tarde de hoje, para definir o conteúdo final do decreto Estadual que irá nortear os municípios nas publicações de restrições, ainda nesta semana.

“Abrimos esse diálogo porque é sempre o melhor caminho já que temos um único objetivo que é diminuir o contágio e preservar vidas. Estamos fazendo a nossa parte e esperamos contar com o apoio da população, pois estamos vivenciando uma situação extrema de caos na saúde pública do país e só nos resta cumprir as determinações dos especialistas para conter a pandemia.”, manifestou Ivana Cei.

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá

Colunistas

Geek Inclusiva
Geek Inclusiva (7)

Me chamo Alice Caroline, sou deficiente visual, paratleta, apaixonada por atletismo, estudante do ensino médio e amante do mundo geek e dublagem. Inclusão vai além de rampas e placas de escrita braile.

Allison Veríssimo
Allison Veríssimo (1)

Allison Veríssimo das Chagas Lobato, filho de Ailson e Verá, Tucuju com muito orgulho, Bacharel em Direito, lutador de Taekwondo aposentado, aprendiz de poeta e um cômico da vida. Para os íntimos, o Tio Alho, para o mundo, apenas um cara feliz e de bem com a vida.

Lemana
Lemana (1)

Centro LEMANA - Lar Espírita Maria de Nazaré, localizado no Macapá-AP. Uma Instituição vinculada a Federação Espírita Brasileira que tem por objetivo principal a prevenção e a posvenção ao suicídio e a assistência aos enlutados e sobreviventes. Existimos desde maio de 2018

Poetas Azuis
Poetas Azuis (3)

Grupo lítero-musical amapaense formado pelos poetas Pedro Stkls e Thiago
Soeiro. Desde 2011 trabalham na divulgação da poesia por meio das
apresentações cênicas e também nas redes sociais. Atualmente o grupo reúne
mais de 100 mil seguidores no Instagram

Publicidade