Cerca de 45 mil quilos de lixo foram retirados das galerias de águas pluviais da Av. Cora de Carvalho, entre as ruas Jovino e Odilardo Silva, bairro Central, resultado do serviço de limpeza e desobstrução realizado pela Prefeitura de Macapá. O objetivo da ação é minimizar pontos de alagamentos.

 

Os moradores já notaram os primeiros resultados do serviço de limpeza. O batedor de açaí, Raimundo Vieira, mora há 45 anos na avenida e ficou surpreso com a rapidez da drenagem da água, após a chuva que caiu na tarde de terça-feira, 4. “Fiquei impressionado de ver a água que estava acumulada na rua secar tão rápido. Nesses mais de 40 anos que moro aqui, nunca tinha visto isso. Essa água que estava na rua era para ficar um dia ou mais para poder secar, mas como estão mexendo, ela secou rápido”, conta.

 

Raimundo diz ainda que teve que refazer o piso da casa por diversas vezes, devido ser de madeira e durante o período de chuva o material apodrecer. “Minha casa hoje é de alvenaria, mas foi este ano que consegui fazer o piso e levantar o que pude, já com medo da água invadir, como acontecia todos os anos. Mas, agora, sei que não vou ter esse risco, porque se encher, não ficará acumulado”.

 

Um dos maiores vilões, causador da obstrução das galerias, é o entulho encontrado nas tubulações, como garrafas PET, terra e outros resíduos. O serviço pretende melhorar a drenagem das avenidas Cora de Carvalho, Almirante Barroso e Mendonça Furtado.

 

Aline Brito

Assessora de comunicação/Semob