Notícias

Sistema de transporte perdeu dois terços dos passageiros durante a pandemia e prejuízo acumulado ultrapassa R$ 50 milhões

A ausência de um calendário tarifário, as péssimas condições da malha viária, o transporte pirata, a falta de subsídio das gratuidades e de regulamentação do transporte por aplicativo foram alguns dos problemas apresentados durante a audiência pública que ocorreu na Assembleia Legislativa para debater o transporte de passageiros. O evento reuniu representantes da Secretaria de Estado dos Transportes, Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac), Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amapá (Setap), Secretaria de Segurança Pública e parlamento estadual.

 

O transporte pirata foi um tema recorrente. A CTMac reconheceu o problema e afirmou realizar periodicamente fiscalizações para inibir a prática. O Setap afirmou que existem cerca de 500 veículos realizando o transporte clandestino e que a questão não é somente econômica, mas de segurança pública pois há relatos de assaltos, acidentes graves e até estupros envolvendo clandestinos.

 

Sobre os efeitos da Pandemia no transporte público, o diretor de comunicação do Setap, Renivaldo Costa, afirmou que o prejuízo acumulado pelas empresas ultrapassa os R$ 50 milhões e que dificilmente o sistema voltará aos mesmos moldes anteriores à Pandemia. Em 2019, por exemplo, o sistema transportou 21.586.903 passageiros equivalentes. Em 2020, esse número caiu para 8.644.383 e que este ano, até setembro, 5.354.242 passageiros e dificilmente fechará com número superior ao ano passado. “Devemos fechar com um terço do que era antes da Pandemia”, previu.

 

Ele explicou que apesar das dificuldades, a atual gestão do Setap, presidido pelo empresário Décio Melo, investiu na aquisição de novos ônibus com ar condicionado, Wi-fi e GPS, modernizou o sistema de bilhetagem, construiu mais de 100 abrigos, garantiu reajuste dos trabalhadores. “Hoje as despesas com pessoal e combustível representam 70% do custo operacional do sistema. Mesmo com a queda no número de passageiros e falta de políticas públicas pro setor, não temos deixado de fazer investimentos”, aponta Renivaldo.

 

O aumento no preço dos combustíveis gerou também um grande impacto nos custos do sistema de transporte. Desde de 2018, o diesel S-10, usado pelos ônibus, sofreu variação de quase 60%, enquanto que a tarifa não tem atualização desde 2018 nas linhas metropolitanas e desde 2019 nas linhas urbanas. “Felizmente a justiça reconheceu a legalidade do acordo celebrado em 2019 e que vai possibilitar a revisão anual da tarifa, pelo menos a partir da reposição das perdas inflacionárias e do reajuste dos combustíveis”, lembrou o diretor do Setap.

 

Ao final, as seguintes propostas foram encaminhadas: implantação dos terminais de integração e bilhete único, modernização do sistema de bilhetagem eletrônica, atualização da planilha tarifária da CTMac (defasada desde junho/2019), regulamentação do transporte por aplicativo, definir fonte de custeio da tarifa social ou revogar a lei, fiscalização ostensiva do transporte pirata, implantação de faixa exclusiva para o transporte urbano, destinação de emenda parlamentar para construção de abrigos e subsídio para as empresas que operam no sistema de transporte de Macapá.

Colunistas

Geek Inclusiva
Geek Inclusiva (8)

Me chamo Alice Caroline, sou deficiente visual, paratleta, apaixonada por atletismo, estudante do ensino médio e amante do mundo geek e dublagem. Inclusão vai além de rampas e placas de escrita braile.

Lemana
Lemana (1)

Centro LEMANA - Lar Espírita Maria de Nazaré, localizado no Macapá-AP. Uma Instituição vinculada a Federação Espírita Brasileira que tem por objetivo principal a prevenção e a posvenção ao suicídio e a assistência aos enlutados e sobreviventes. Existimos desde maio de 2018

Poetas Azuis
Poetas Azuis (4)

Grupo lítero-musical amapaense formado pelos poetas Pedro Stkls e Thiago
Soeiro. Desde 2011 trabalham na divulgação da poesia por meio das
apresentações cênicas e também nas redes sociais. Atualmente o grupo reúne
mais de 100 mil seguidores no Instagram

Publicidade